sábado, 15 de outubro de 2011

Criação o Propósito da Unidade - Subsidio EBD Central Gospel - Lição 3


Texto Áureo
“No principio criou Deus os céus e a terra ”Gênesis 1.1
Introdução
O propósito da Criação
Aprendemos que tudo o que Deus faz tem um propósito, nada e feito ao acaso e a criação também não é obra do acaso não foi uma grande explosão que é apresentada pela teoria do Big Bang , em que existia algumas misturas de partículas subatômicas que se moviam aproximas a velocidade  da luz e que aproximadamente, 10 ou 20 bilhões de anos atrás aconteceu e essa explosão cósmica que liberou uma grande liberação de energia, criando , espaço e tempo.
Mais ninguém pode afirmar isso com certeza absoluta, somente Deus tem a resposta para a criação de tudo, para se acreditar no Big Bang o camarada tem que ter muita fé.
Então nada e obra do acaso vejamos algumas referencias bíblicas.
Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do SENHOR permanecerá.
Provérbios 19:21
Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade. Isaías 46:10
Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus, Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor. Efésios 3:10-11
Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos. Ap 10: 7
O propósito e nos revelado em Ef 1 9-10
Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;
Deus criou tudo em unidade os seus propósitos são inseparáveis a criação, os seres humanos, somos o que somos porque Ele é. O fim principal do homem e glorificar a Deus e desfrutá-lo para sempre.
1                1-      A Bíblia declara a Criação
Tanto no Novo quanto Velho testamento vemos a declaração de que Deus criou tudo pelo ato da sua soberana vontade, tudo foi criado por Ele e para Ele.
Ne 9.6
Paulo em Atenas reforça a dependência (At 17.25b,28)
Comentário – Como pode o homem insistir em viver fora da dependência de Deus, já pensaram nisso, nos dias atuais todas as pessoas buscam sua independência, seja ela financeira ou não. Esposas estão buscando sua independência em relação ao marido, filhos querem independência dos pais, e por ai segue essa busca.

Em relação a marido e mulher, ao frase judaica mais usada mais proferida pelos judeus é A-do-nai E-lo-hê-nu, A-do-nai Echad - "Ouve, Israel, A-do-nai é nosso D'us, A-do-nai é Um."
Assim a palavra Echad, Indica unidade composta, e a palavra hebraica que expressa unidade absoluta é "yachid". Então como a declaração que está em Deuteronômio 6.4 indica um Deus-Trino e em gênesis 2.24-  Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma(echad) só carne. A unidade de um homem e uma mulher e comprado a unidade divina.

Mais o mais triste em tudo isso é que o homem tem buscado, e isso não é de hoje, sua independência de Deus, o ser - humano insiste em viver fora dos cuidados do bom e eterno Pai. Qualquer tentativa de ser independente acaba em fracasso e derrota. Jesus nos ensina através da parábola do filho pródigo que qualquer tentativa dessa perderá os amigos, passará a comer e viver com os animais (porcos)  Assim aconteceu com Nabucodonosor Daniel 4 29-35
Ao fim de doze meses, quando passeava no palácio real de babilônia, Falou o rei, dizendo: Não é esta a grande babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para glória da minha magnificência? Ainda estava a palavra na boca do rei, quando caiu uma voz do céu: A ti se diz, ó rei Nabucodonosor: Passou de ti o reino. E serás tirado dentre os homens, e a tua morada será com os animais do campo; far-te-ão comer erva como os bois, e passar-se-ão sete tempos sobre ti, até que conheças que o Altíssimo domina sobre o reino dos homens, e o dá a quem quer. Na mesma hora se cumpriu a palavra sobre Nabucodonosor, e foi tirado dentre os homens, e comia erva como os bois, e o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceu pelo, como as penas da águia, e as suas unhas como as das aves. Mas ao fim daqueles dias eu, Nabucodonosor, levantei os meus olhos ao céu, e tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e louvei e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é um domínio sempiterno, e cujo reino é de geração em geração. E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes? 

A Bíblia relata também no livro de Apocalipse 3.17, assim: "Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta (e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu);
João15.5: Eu sou a videira, vós, as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer.
1.2 A unidade da criação na Natureza
A flora, a fauna, os ecos sistemas, as estações do ano, a água, o ar e toda a harmonia dos mecanismos que o planeta Terra possui para manter a vida são obras incomparáveis do poder criador de Deus.   A cadeia alimentar, a renovação da natureza, o crescimento de tudo seque uma harmonia e sintonia perfeita criando um ambiente perfeito para que haja vida.
 Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? Mateus 6:26

O pecado do homem quebrou a unidade e a harmonia da natureza.
Sabemos que toda a natureza criada geme até agora, como em dores de parto. Romanos 8:22

Existem os que acreditam que Deus e a natureza são a mesma coisa são chamados de panteístas. O panteísmo é uma palavra derivada do grego pan e théos, significa "tudo é Deus". Os panteístas identificam Deus com o universo ao dizer: "Deus não é diferente ou distinto do universo. Deus é tudo quanto existe; e tudo quanto existe é Deus". 
2 - A Criação do Homem Manifesta o Propósito Divino da Unidade
Deus criou, para viver em comunhão com ele e ter vida através da providência divina, mais o homem pecou escolhendo outro caminho e perdeu essa comunhão e unidade, com Deus. A  maior conseqüência do pecado e nos afastar da presença de Deus
Deus disse para Josué que não seria mais com o povo, enquanto houvesse pecado no arraial de Israel. Quando os filhos de Eli pecaram contra Deus, a arca, símbolo da presença de Deus foi roubada e a glória de Israel, a presença de Deus, se apartou do povo. No tempo de Ezequiel a glória de Deus se afastou da cidade, do templo, do monte e o povo foi levado ao cativeiro. 
Não pode haver pecado em nossas almas, em nosso lar, em nossa igreja em lugar nenhum porque isso afasta a santidade de Deus, podemos disser que de certa forma afastamos as bênçãos de Deus e atraímos as maldições e o juízo de Deus sobre nossas vidas.
           3- O Resgate e restauração da criação
Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos. Romanos 5:19

A obra de Cristo Jesus os mostra o quanto Deus ama e cuida de sua criação, ele envia seu filho para resgatar, e restaurar tudo de volta ao seu propósito original, de sermos uma grande família alegre e feliz em sua presença. O sangue de cristo propiciou a salvação do homem, a cura para todos ecossistemas e em breve após estarmos com Ele, Ele voltara e iniciará um tempo denominado por nós como Milênio.

A TERRA SERÁ TRANSFORMADA

O Senhor Deus consertará e restaurará esta terra, tornando-a um verdadeiro paraíso.

Vejamos então a descrição das mudanças que este globo terrestre : "Todo vale será levantado, e será abatido todo monte e todo outeiro; e o terreno acidentado será nivelado, e o que é escabroso, aplanado" (Isaías 40:4). 

A Bíblia nos ensina que no período de mil anos uma mudança profunda será feita na terra. Por exemplo, muitas montanhas e ilhas desaparecerão ou serão transladados a outros lugares: "Porque eis que o Senhor está a sair do seu lugar, e descerá, e andará sobre as alturas da terra. Os montes debaixo dele se derreterão, e os vales se fenderão, como a cera diante do fogo, como as águas que se precipitam por um declive"(Miquéias 1:3-4). 

"E o céu recolheu-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares" (Apocalipse 6:14). "Todas as ilhas fugiram, e os montes não mais se acharam" (Apocalipse 16:20). 
O monte das Oliveiras na Palestina se repartirá: "Naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, do oriente para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se removerá para o norte, e a outra metade dele para o sul" (Zacarias 14:4). 

A terra tornará excepcionalmente fértil: "O deserto e a terra sedenta se regozijarão; o ermo exultará e florescerá; como o narciso florescerá abundantemente, e também exultará de júbilo e romperá em cânticos; dar-se-lhe-á a glória do Líbano, a excelência do Carmelo e Sarom; eles verão a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus" (Isaías 35:1-2) "Em lugar do espinheiro crescerá a faia, e em lugar da sarça crescerá a murta; o que será para o Senhor por nome, por sinal eterno, que nunca se apagará"(Isaías 55:13). Os DESERTOS áridos e secos produzirão água em abundância: "Os animais do campo me honrarão, os chacais e os avestruzes; porque porei água no deserto, e rios no ermo, para dar a beber ao meu povo, ao meu escolhido" (Isaías 43:20).
 
No milênio o problema ECOLÓGICO será completamente resolvido. As ÁRVORES crescerão em grande número e não haverá derrubadas indiscriminadas como nos dias de hoje. Veja em Ezequiel 47:7. Na região da Palestina surgirá um novo rio cujas águas conterão elementos que purificará qualquer outra fonte, inclusive o Mar Morto que há milhares de anos está podre, será purificado pelas águas desse novo rio. Veja Ezequiel 47:8-10. 

A NATUREZA DOS ANIMAIS SERÁ MUDADA

No milênio Jesus vai mudar radicalmente este planeta terra. No milênio haverá transformações jamais vistas na história da humanidade Os animais sofrem com os efeitos nocivos do pecado do homem, conforme já vimos em Romanos 8:19-23. 

Mas Jesus vai transformar toda a criação quando estabelecer o seu reino na terra. A natureza selvagem dos animais será tirada. "Morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará; e o bezerro, e o leão novo e o animal cevado viverão juntos; e um menino pequeno os conduzirá. A vaca e a ursa pastarão juntas, e as crias juntas se deitarão; e o leão comerá palha como o boi. A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e a desmamada meterá a sua mão na cova do basilisco"(Isaías 11:6-8). "O lobo e o cordeiro juntos se apascentarão, o leão comerá palha como o boi; e o pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor" (Isaías 65:25).
"Farei com elas (ovelhas, que sãos os convertidos) um pacto de paz; e removerei da terra os animais ruins, de sorte que elas (ovelhas) habitarão em segurança no deserto, e dormirão nos bosques" (Ezequiel 34:25).
"Naquele dia farei por eles (seu povo) aliança com as feras do campo, e com as aves do céu, e com os répteis da terra; e da terra tirarei o arco, e a espada, e a guerra, e os farei deitar em segurança" ( Oséias 2:18). 

3.1 – Passagem e figuras que falam da unidade
Muitas são as passagens que mostram a união em coisas criadas por Deus vejamos algumas:
3.1.1 – Em relação ao povo Judeu
Deus escolheu um povo para ser seu a partir de Abraão, mais esse povo sempre o rejeitou, e foi e está sendo corrigido por Deus, e há união de propósito de Deus para resgate desse povo em Jeremias 32.39 a uma profecia que eles andaram unidos com Deus.
Restauração que será plena na segunda fase da volta de Jesus, e terá dois episódios o primeiro e que o povo habite a terra prometida e a segunda que se cumprirá a união deles com Deus com nação santa, segundo teólogos o governo do mundo terá como capital mundial Israel, onde provavelmente Davi ressurreto, será o governante.
                3.1.2 – União para missão
Quando a corrupção tomou conta do mundo antigo no tempo de Noé, Deus separou um grupo unido tanto de pessoas como animais para se salvarem juntos através da arca. Imaginem 145 dias Noé, família e animais, que união sobrenatural houve ali dentro. Só pelo Espírito de Santo é possível essa união a arca de Noé dos nossos dias é a igreja.
                3.1.3 – União para criação de um povo
Deus escolheu Abraão e mostrou o desejo de através dele criar um povo e desse povo todos teriam a oportunidade de se salvar, esse é o povo da fé, o povo que crê em Jesus Cristo como único e suficiente Salvador e com ele somos bilhões em todo mundo todos, irmãos de fé em Cristo.
                3.1.4 – União para os negócios.
 Deus deu uma promessa a Jacó, e ele entendeu que tudo o que ele iria conquistar na vida iria depender da união dele com Deus, então ele promete dar o Dizimo de tudo, como reconhecimento das bênçãos dadas por Deus. E hoje se quisermos ter bênçãos nos negócios e em nosso trabalho temos que seguir o exemplo de Jacó e com certeza Deus será conosco.
                3.1.5 – União para a evangelização e a salvação.
Em João 17, temos o relato da oração sacerdotal onde Jesus expressa a vontade absoluta do Trino-Deus de que assim como Eles são Um (Echad) que a igreja seja uma (Echad) com ele com o mesmo propósito a salvação da humanidade.
Sem essa união é impossível a igreja no seu inicio experimentou essa unidade vejamos:
Atos 2:42-47 - E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de necessidade. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava, o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Esse é modelo ideal de igreja, todos juntos em nome de Jesus, fazendo tudo com amor e pelo poder do Espírito Santo. Hoje mais do que nunca o Diabo e os homens ingênuos tem atacado a unidade da igreja dizendo que não é necessário nos congregarmos em igrejas que o  templo somos nos individuais e não o agrupamento em coletividade, realmente o conceito templo não existe como local onde Deus habita, mais quando os santos se unem e vivem e congregam unidos ali é que o Senhor Jesus distribui dons aos membros, separa os ministérios e direciona o povo a fazer a obra que Jesus nos comissionou, não há vida fora do corpo (Igreja), há bênçãos especificas de Deus que você só receberá na Igreja. Vejamos alguns versículos;

Mateus 16:18b - edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; (vitoria sobre o mal)

I Timoteo 3.15 - Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.(Selo com proceder)

Atos 12:5 - Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.  (poder da oração, quando a igreja ora)

Tiago 5.14 - Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; (Há cura para o corpo)

Hebreus 10.25 - Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. (apostasia profetizada).

Não existe a possibilidade de um cristianismo solitário. Jesus em momento algum disse que você poderia ficar APENAS no secreto do seu quarto, mas mandou que fosse como LUZ e SAL e que fossem UM.
O cristianismo é sempre coletivo. Não porque Deus não seja adorado no individual e seja apenas no coletivo, mas porque o cristão nunca pensa apenas em si mesmo, mas nos outros. 

O que é ser um? É ser solitário, ou caminhar juntos com um único propósito? Como aconteceram avivamentos na história da Igreja? Como era Paulo ou Pedro? Como era a Igreja Primitiva?

Algum tempo atrás estive insatisfeito com a Instituição Religiosa,e pensei em me afastar mais o Espírito Santo me fez que existe muito mais alem da instituição religiosa e esse não deveria ser o meu foco e sim Jesus e se o meu propósito é glorificar a Deus com a minha vida de que maneira ajudaria os fracos? Os que estão chegando a igreja? E pregaria o evangelho do Reino a todos? Consolando aqueles que estão desanimados? 

Longe da igreja seria impossível, o diabo tem calado muitos homens de Deus que se afastam da igreja e deixam o erro prosperar. 

Tenha sempre os seus olhos em Jesus e não em homens ou instituições. E faça o seu melhor em prol do reino de Deus.

Cada um fique na vocação em que foi chamado. 1 Coríntios 7:20






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendamos