segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

QUANDO O MUNDO IRÁ ACABAR?



21 de dezembro de 2012 se aproxima e aumenta a preocupação dos ignorantes. Não me compreenda mal quando uso a palavra “ignorante”. Na linguagem popular (especialmente aqui no Nordeste), ignorante é uma pessoa bruta e mal-educada. Mas, na verdade, literalmente essa palavra simplesmente significa que alguém ignora algo, que alguém não possui certo conhecimento, que alguém desconhece alguma coisa.
Por exemplo, certamente eu sou um grande ignorante em muitas coisas (sou ignorante no idioma chinês, sou ignorante sobre Física Quântica, etc.). Então, voltemos ao nosso tema. Quem ignora a verdade sobre o fim do mundo tem razão em estar preocupado com a “profecia maia” sobre o apocalipse em 2012.
Neste artigo não vou explicar o que tem levado muito a esperarem o fim para o dia 21 deste mês, nem vou falar sobre o calendário maia. Já existem sites e informações demais na internet sobre isso. As informações que desejo repassar, infelizmente não são muito conhecidas.

De maneira geral, podemos dividir as fontes sobre o fim do mundo em duas: a Bíblia e as outras fontes (Nostradamus, calendário maia, etc.).

A Bíblia é o livro mais conhecido e estudado do mundo. Suas histórias têm sido confirmadas pela Arqueologia, História, Geografia e outras ciências. Mas o preconceito contra ela é muito grande. As pessoas querem acreditar em qualquer coisa (esoterismo, astrologia, numerologia ocultista, etc.), mas quando alguém cita algo da Bíblia é visto com desconfiança. Alguns exemplos:

Quando alguém, na televisão, cita qualquer pensamento retirado de uma cultura antiga ou da cabeça de um filósofo, por mais maluco que seja, é aplaudido. Mas se citar algum versículo bíblico é visto com “olhares atravessados”. Por quê?
As pessoas adoram comentar as profecias maias, de Nostradamus e de outros videntes, mas evitam citar a Bíblia. Por quê?

Uma das respostas é que a Bíblia, ao contrário das outras fontes, não se preocupa simplesmente em predizer o futuro, mas em advertir aos homens para que se arrependam dos seus pecados e se voltem para Deus – e isso a Humanidade não quer fazer de jeito nenhum.

Saber que o mundo vai acabar, que todo mundo vai morrer e que não existirá mais nada, não motiva ninguém a desejar ser mais santo, pensar mais no próximo, querer ser uma pessoa de bem, etc. Pelo contrário, quando perguntados sobre o que fariam se soubessem que o mundo iria acabar amanhã, muitos entrevistados dizem que vão aproveitar a vida, curtir a vida adoidado, beber até cair, etc.

Raramente alguém diz que vai procurar ser uma pessoa melhor, valorizar mais a família e amar ao próximo. Essa é a diferença de pensamento quando alguém acredita na Bíblia e quando acredita em lendas esotéricas e outras fantasias religiosas.

Qualquer informação que contrarie a Bíblia é rapidamente aceita sem questionamento, pois muitas pessoas gostariam muito que as Escrituras judaico-cristãs fossem uma grande farsa. Por que? Simples: se a Bíblia for uma farsa, Deus não existe e, portanto, não preciso me preocupar em ser uma pessoa decente, pois ninguém vai me julgar quando eu morrer.
Um exemplo: Os quatro evangelistas (Mateus, Marcos, Lucas e João) têm sido testados por arqueólogos, historiadores e lingüistas, e têm sido aprovados como escritores íntegros e verdadeiros. O livro de Lucas, por exemplo, contém mais evidência de autenticidade histórica do que a maioria dos historiadores da antiguidade. Esses quatro homens contaram a história de Jesus e deixaram claro que Jesus viveu na terra de Israel, morreu crucificado entre 30 e 40 anos, ressuscitou e voltou para o Céu, vivo.

Acontece que, recentemente, alguém encontrou um fragmento de um suposto evangelho escrito por Judas Iscariotes. Um material cheio de erros e que contraria claramente a história contada pelos quatro evangelistas da Bíblia. Agora adivinhe só. A aceitação desse “novo evangelho” foi muito grande, especialmente entre as pessoas que rejeitam os evangelhos tradicionais. Já está bem claro a razão disso, não está?

Mas, afinal, quando o mundo irá acabar? A Bíblia diz alguma coisa a respeito? Será mesmo daqui a menos de duas semanas?

Pra inicio de conversa, essa expressão “fim do mundo” nem existe na Bíblia. Você pode dizer: Espera aí! Eu já li em algum lugar da Bíblia as palavras “fim do mundo”. É mesmo? Sim, eu também já li, mas permitam-me explicar.
Um dos lugares mais conhecidos da Bíblia onde aparecem tal expressão (em algumas traduções na língua portuguesa), é Mateus 24.3: “E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo.” Ênfase minha.

Na verdade, a palavra grega usada nos textos originais para “mundo” aqui em Mateus significa ERA ou ÉPOCA e não MUNDO. A Bíblia mostra a Humanidade atravessando várias eras, até a chegada do Rei Messias. As profecias bíblicas falam do fim dos tempos (isto é, de épocas determinadas por Deus) e não em fim do mundo.

Sim, e os textos bíblicos que falam da destruição da terra? Na verdade, as profecias bíblicas mostram a terra sendo renovada, redimida pelo fogo e não destruída. O propósito de Deus é restaurar a terra, não destruí-la. É claro que ela passará por alguns apertos, purificações (os 7 selos, as 7 trombetas e as 7 taças do livro de Apocalipse, por exemplo), mas nunca deixará de existir. Caso você conheça algum texto bíblico que parece contrariar o que estou dizendo aqui, por favor me escreva.

Quando, afinal, o mundo vai acabar?

Biblicamente, o mundo atual, ou seja, o sistema atual (político e religioso) irá acabar, deixar de existir e Deus substituirá por um sistema novo e perfeito, o Reino de Cristo. Esse tipo de mundo é que irá acabar e não o planeta. Portanto, de certa forma faz sentido se falar de fim do mundo. O que precisamos deixar bem claro é que o “mundo” que terá fim não é o planeta terra, mas o mundo pecaminoso, o mundo sem Deus, o mundo que está dominado pelo pecado, pela maldade, pela corrupção.

Podemos dizer que o mundo acabou na época de Noé, mas a terra não. Deus renovou a terra por meio das águas do Dilúvio e o mundo corrompido da época foi totalmente destruído. A mesma coisa acontecerá novamente, só que agora a purificação do planeta será por meio do fogo e não da água. Observe que eu disse “purificação” e não “destruição”.

Então, será que essa TRANSFORMAÇÃO que o mundo terá que passar antes que Cristo volte poderá acontecer em 21 de dezembro de 2012? Pessoalmente, acredito que NÃO! Por quê? Porque a Bíblia deixa bem claro (e nem preciso citar versículos para provar isso) que certas datas do futuro pertencem somente a Deus (quando falo DEUS refiro-me Às Três Pessoas da Divina Trindade, uma das doutrinas centrais do Cristianismo).
Se a data exata de certos eventos pertencem somente a Deus e Ele se revela na Bíblia, não faz sentido os povos maias conhecerem os segredos dessas datas, pois ao que se sabe, essa civilização não era nem um pouco cristã.

"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo."
(Daniel 9.24)
 
Moacir R. S. Junior – Igarapé Grande – MA
 
morganne777@hotmail.com 

Fonte: http://misterio777.blogspot.com.br/2012/12/quando-o-mundo-ira-acabar.html

A Profecia Maia


“Se o que o profeta proclamar em nome do Senhor não acontecer nem se cumprir, essa mensagem não vem do Senhor. Aquele profeta falou com presunção. Não tenham medo dele” (Deuteronômio 18:22 – NVI)
Já sabíamos! Vários filmes, como: O Planeta dos Macacos (1968), O Dia depois de Amanhã (2004), Eu Sou a Lenda (2007), 10.000 a.C. (2008), Presságio (2009), 2012: Fim dos Dias (2008), 2012 (2009), entre outros, trataram desse tema: uma raça superior sobreviverá a uma grande catástrofe.
Com a famosa “profecia maia” às portas, alguns profetas esotéricos estão insistindo nessa mesma tecla. Deixe-me explicar melhor.

Da Atlântida passando pelos egípcios e maias

A lendária ilha de Atlântida, primeiramente descrita pelo filósofo Platão, nunca existiu. No entanto, foi na modernidade que alguns começaram a levar a sério a falácia de Atlântida. Na Antiguidade ninguém considerava tal possibilidade. Para os historiadores renomados, Atlântida continua sendo uma ilusão e anedota.
Porém, de acordo com o esotérico Patrick Geryl, em 21 de fevereiro de 21312 a.C, Atlântida foi destruída parcialmente, e totalmente destruída em 27 de julho de 9792 a.C., quando desapareceu sob as águas.(1)
Ainda segundo Geryl, milhares de pessoas sobreviveram ao cataclismo de Atlântida e estas deram origem à civilização egípcia e, provavelmente, também aos maias. Concluindo, para Geryl os egípcios seriam, com certeza, descendentes da Atlântida e os maias teriam forte possibilidades de sê-lo (2)
Mais: baseados em suas escrituras e códigos secretos, tanto para os maias, quanto para os egípcios, a data do fim desta era, como a conhecemos hoje, será em 21-22 de dezembro de 2012.
O que estaria previsto para acontecer em dezembro de 2012 seria algo semelhante ao que ocorreu com Atlântida. Permita-me continuar citando Patrick Geryl, no seu livro O Código de Órion:
“Segundo os maias, haverá uma mudança nos pólos magnéticos no Sol no ano 2012. Então, do interior do Sol, serão liberadas enormes forças eletromagnéticas com poder desconhecido. Labaredas gigantes enviarão uma descomunal onda de partículas à Terra. [...]
As partículas eletromagnéticas do Sol penetrarão em todos os pontos da Terra, gerando uma intensa radiação, tanto em luminosidade quanto em radioatividade. [...]
Segundo Geryl, milhares de pessoas sobreviveram ao cataclismo de Atlântida e estas deram origem à civilização egípcia e, provavelmente, também aos maias.
O núcleo de ferro da Terra é magnético e, devido ao deslocamento desse núcleo, a Terra começará a se mover para o outro lado.”(3) [...]
“A Terra começará a girar em sentido contrário e os pólos se inverterão!”(4) [...]
“Em conseqüência, a crosta terrestre exterior se soltará, ou seja, ficará ‘flutuando’, sem estar mais presa a seu ‘padrão’. O planeta se inclinará milhares de quilômetros em poucas horas. [...]
Em resumo, o mais horrível dos pesadelos não se igualará a essa destruição.”(5) [...]
“Quando, depois de horas e horas, a onda carregada de partículas declina, o magnetismo do interior da Terra pode se restabelecer. Contudo, os pólos se moverão também porque o que se encontra mais perto do Sol terá sofrido todo o impacto. A crosta terrestre deixará de flutuar, acompanhada novamente de terremotos apocalípticos, com porções de terra desmoronando, uma atividade tectônica desconhecida e vulcões em erupção. Mas então, como se isso não bastasse, virá uma catástrofe ainda maior: com a inércia, o movimento dos oceanos não se deterá e uma onda gigantesca cobrirá a terra. Segundo a antiga tradição, essa onda chegará a ter um quilômetro e meio de altura”.(6)
Claro, como ocorreu com a suposta Atlântida, uma raça de terráqueos sobreviverá e re-inventará uma nova civilização.

A violenta espiritualidade maia

Bem, os maias, apesar de registrarem no seu calendário de “Conta Longa” o dia 22 de dezembro de 2012 como sua última data, nunca falaram em fim do mundo. Entretanto, podemos inferir que este dia, para eles, poderia ser o final de uma era e o início de outra. O fato é que em matéria de espiritualidade os maias não são exemplos para nós.
a) O panteão dos maias:
Nicholas Saunders é pesquisador sobre as civilizações pré-colombianas e escreveu no seu livro Américas Antigas,:
“O mais importante deus masculino era Itzamná (Casa do Lagarto), representado na arte como um homem velho e descrito como a divindade da escrita e do aprendizado.”(7) [...]
Era um deus de múltiplas formas. “Em seu papel de criador do mundo, Itzamná era chamado de Hunab Ku. [...] Itzamná parece ter sido o deus da realeza maia, especialmente em outra de suas formas, o Kinich Ahau, ou Deus Sol.”(8) [...]
“O consorte de Itzamná era Ix Chel (‘Senhor do Arco-Íris’). Durante o período maia clássico, ela estava associada com a Lua. [...] Nessa época, era representada como uma mulher velha tendo cobras no lugar de cabelos e adepta da feitiçaria.(9) [...]
Desenho de um Jaguar pronto para saborear um coração que acabou de ser arrancado de um tórax humano — em Chichén Itzá, México.
Kinich Ahau, o deus Sol, era ou uma divindade própria ou uma das formas de Itzamná. [...] A paixão maia (e ameríndia) pela transformação é revelada pela mudança de forma de Kinich Ahau em Deus Jaguar.(10) [...]
O importante deus da chuva era conhecido como Chac, e também deve ter sido uma divindade singular ou talvez uma manifestação de Itzamná.”(11) No famoso Cenote Sagrado, um poço natural localizado em Chichen-Itzá, México, foram encontrados inúmeros esqueletos de homens, mulheres e crianças vítimas de sacrifício ao deus da chuva.
Muitas outras divindades fazem parte deste panteão.
b) Inimigos eram sacrificados e o sangue entregue aos deuses:
Até a primeira metade do século XX, acreditava-se que os maias fossem um povo pacífico e não violento com os seus conquistados. Porém, com a revelação de um conjunto de murais coloridos nas ruínas da cidade de Bonampak, no México, este conceito mudou totalmente. Hoje, sabemos que a civilização maia tinha como sua forte identidade e legitimidade o derramamento de sangue, a fúria, a selvageria e um implacável requinte de torturas.
Ainda segundo Saunders:
“Para os maias clássicos, nada era tão poderoso como o sangue humano para unir os humanos ao reino sobrenatural.”(12)
As milícias maias foram ensinadas a capturar guerreiros inimigos da linhagem real. Elas tentavam não matar os capturados para que fossem trazidos presos e sacrificados aos deuses.(13)
“Uma interpretação desse tipo de milícia é que, para os maias, o sangue era a liga que unia o Universo, evitando que suas inúmeras partes caíssem em um caos cósmico político e social. Os deuses desejavam sangue e era dever das dinastias maias fornecê-lo em um grande número de rituais. Mais do que tudo, talvez o poder simbólico do sangue santificasse e legitimasse as complexidades do poder político da civilização maia clássica. Como um líquido sagrado, o sangue de indivíduos de alta classe era derramado em ocasiões especiais – para dedicar um novo templo piramidal, para designar um novo herdeiro e para coroar um novo rei. A imaginação dos maias não conhecia limites quando se tratava de inventar maneiras de humilhar, torturar e finalmente sacrificar as suas vítimas.”(14)
c) Os reis eram sumos sacerdotes e divinos:
O historiador e geógrafo americano, Jared Diamond, relatou no seu livro Colapso:
“Na sociedade maia, o rei também funcionava como sumo sacerdote, com a responsabilidade de ministrar rituais astronômicos e de calendário, e assim trazer chuva e prosperidade. O rei alegava ter o poder sobrenatural de trazer chuva e prosperidade por causa de sua confirmada relação familiar com os deuses. Ou seja, havia um acordo tácito quid pro quo: os camponeses sustentavam o estilo de vida luxuoso do rei e de sua corte, alimentavam-nos com milho e carne de veado e construíam os seus palácios porque o rei lhes havia feito grandes promessas. [...] os reis sempre entravam em conflito com seus camponeses no caso de seca, porque isso era equivalente à quebra de uma promessa real.”(15)

Uma boa justificativa para os que não forem arrebatados

Em que a civilização maia, aterrorizada por demônios, era mais espiritualmente evoluída do que a nossa?
Fico a pensar, em que a civilização maia, aterrorizada por demônios, era mais espiritualmente evoluída do que a nossa? Povo pagão, ensopado no caldeirão das trevas, sem qualquer chance de ser liberto pelo sangue redentor de Jesus Cristo.
Segundo alguns filmes, geralmente após grandes cataclismos, uma nobre geração de pessoas espiritualmente mais evoluídas consegue escapar da hecatombe e reiniciar uma nova civilização. Seria supostamente o surgimento de uma raça elitizada e mais desenvolvida.
Por que esta idéia é tão explorada nos filmes? Pasmem! Os ufólogos da Nova Era pregam que após uma grande catástrofe que sobrevirá à Terra, um povo menos evoluído será abduzido por discos voadores para ser reciclado em outro planeta (provavelmente estão se referindo ao Arrebatamento da Igreja de Cristo), enquanto os que ficarem na terrinha gozarão de uma nova ordem mundial. Sensacional justificativa satânica para o Arrebatamento da Igreja e a Tribulação que se seguirá. Sobre este assunto, confira nosso livro A Agenda Secreta .
Quanto a essa história do calendário maia prever o fim do mundo para dezembro de 2012, não se desesperem, pois vem aí o calendário asteca. De acordo com os cálculos astecas (civilização mesoamericana que surgiu mais de um século após os maias), o mundo terminará em 2027. Acredito que antes de chegarmos nesta última data, assistiremos a mais um filme hollywoodiano, desta vez intitulado “2027” com uma iluminada raça ressurgindo dos escombros.
Estamos de fato nos acostumando com essa idéia de falsas datas para “fins do mundo”. No entanto, não devemos perder de vista aquele momento grandioso do único final (e recomeço) do mundo: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até no ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do Homem” (Mateus 24:27). Maranata!

Fonte : Dr. Samuel Fernandes Magalhães Costa – http://www.chamada.com.br
Bibliografia
  1. Geryl, Patrick, O Código de Órion: O fim do mundo será mesmo em 2012? Editora Pensamento-Cutrix Ltda, São Paulo, SP, 2006, páginas 37-38.
  2. Id, páginas 146-147.
  3. Ibid, página 29.
  4. Ibid, página 33.
  5. Ibid, páginas 33-34.
  6. Ibid, página 31.
  7. Saunders, Nicholas J., Américas Antigas: As Grandes Civilizações. Madras Editora Ltda. São Paulo, SP, 2005, páginas 75-76.
  8. Id, páginas 76-77.
  9. Ibid, página 77.
  10. Ibid, página 77.
  11. Ibid, página 77.
  12. Ibid, página 75.
  13. Ibid, página 81.
  14. Ibid, página 81.
  15. Diamond, Jared, Colapso: Como as sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso. Editora Record, Rio de Janeiro, RJ, 2009, sexta edição, página 207.
 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Cadeira numerada (666) já está reservada para o Anticristo, no Parlamento Europeu?!?!?!

Dr. Ian Paisley, membro da Casa dos Comuns, em Londres, envia-nos importante informação a respeito da cadeira vazia de número 666, no Parlamento da União Européia, que não é outro senão o Estado Mundial Católico planejado desde o ano 1825 pelo Vaticano, através das guerras napoleônicas, da I e II Guerras Mundiais e, finalmente, com sucesso garantido através do Ecumenismo. A União Européia fez renascer o Sétimo Império Romano, provavelmente o último da história mundial visto como na profecia bíblica SETE é o número da perfeição. Vamos dar a palavra ao eminente pastor presbiteriano,  Dr. Ian Paisley:
 
O Quinto Parlamento Europeu foi eleito em 20/07/02, no palácio de cristal. Este edifício custou aos pagadores de impostos da União Européia muitos bilhões de Libras. A seção deveria ter começado às 10 hs. da manhã, porém foi iniciada com meia hora de atraso (10,30 hs.) por causa de um defeito no sistema de amplificação, o qual custou aos cidadãos da UE muitos milhões de Libras. Sem dúvida alguma, muitos  outros defeitos ainda vão aparecer, num breve futuro,  nesse suntuoso palácio de cristal.
 
Por acaso os membros do Parlamento Europeu não foram devidamente informados sobre a localização e os custos desse edifício, antes de ser construído. O governo [católico] da França impôs o mesmo, não apenas aos membros do Parlamento, como aos demais governos da UE, sendo que a Alemanha e a Inglaterra foram os países mais explorados nessa gigantesca soma. [Agora a Alemanha já tem problema com o pagamento de muitos trabalhadores porque o FMI não lhe dá mais crédito, segundo informação de uma brasileira que lá trabalha. O objetivo do Vaticano é afundar política e financeiramente estes dois países, ex-baluartes do Protestantismo e da Democracia na Europa, a fim de ter o caminho livre para o estabelecimento do seu despótico Governo Mundial]. Estes dois países (ex-protestantes) têm se tornado escravos pagadores das contas da Europa.
 
A significação profética da União Européia está sendo revelada à medida que se desenrola a  saga [Vejam capítulo do meu livro “O Vaticano e a União Européia”, traduzido do Dr. Arthur Noble, sobre este assunto]. Primeiro, o símbolo escolhido para parlamento da UE é a mulher cavalgando a besta [disfarçado na forma de um mapa, maneira pela qual o Vaticano tem zombado da profecia bíblica de Apocalipse 17]. A figura da mulher prostituta foi reproduzida no selo comemorativo da UE, num gigantesco mural no Parlamento de Bruxelas e numa enorme escultura no Escritório do Concelho de Ministros em Bruxelas. A nova moeda européia – o EURO – lançada oficialmente em janeiro deste ano, tem essa mesma efígie. A Torre de Babel tem sido usada em posters espalhados pela Europa. [É a maneira pela qual o Vaticano declara que, enquanto Deus confundiu as línguas na edificação da Torre, agora o papa reúne todas as línguas na edificação de uma nova Torre de Cristal. Isso mostra que ele não acredita em Gálatas 6:7].
 
Agora, o suntuoso palácio de cristal, oficialmente chamado “Edifício da Torre”, abriga o Quinto Parlamento Europeu. Obviamente ele é um edifício típico da Era Espacial. Seus assentos em maciço semicírculo foram desenhados conforme o modelo dos assentos da tripulação das naves espaciais do tipo “Guerra nas Estrelas”. 
 
679 assentos numerados [6 é número do homem; 7 é o número da Trindade mais a criação; 9 é o número invertido do homem, ou seja, a criatura zombando do Criador]. Agora, prestem bem atenção! Conquanto esses 679 assentos estejam todos ocupados, o de número 666 continua vago... Vamos dar os nomes dos ocupantes dos assentos, a partir de 655, até o número 679:
  • 655. Couteaux * 656. Fitzsimons  * 657. Hyland * 658. Kuntz
  • 659. De La Perrière * 660. Marchiani * 661. Montfort
  • 662. Quiero * 663. Souchet * 664. Thomas-Mauro * 665. Zissener
  • 666. VAZIO
  • 667. Cappato * 668. Turco * 669. Bonino * 670. Pannella
  • 671. Dupuis  *672. Della Vedova* 673. Dell´Álba
  • 674. Gorostiaga Atxalandabaso * 675. Gobbo * 676. Speroni
  • 677. Bossi * 678. Formentini * 679. Crowley (Aqui termina a lista). 
Em Apocalipse 13:18, lemos o seguinte: Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis”.
 
Atualmente estamos presenciando o cumprimento dessa profecia diante dos nossos olhos. O assento do Anticristo deverá ser ocupado em breve. O mundo aguarda o desenrolar da trama diabólica para o cumprimento desta citação profética.  Por isso é que nós, os cristãos bíblicos,  estamos aguardando com ansiedade a vida de nosso Senhor Jesus Cristo, a qual vai confirmar 2 Tessalonicenses 2:8: “E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda”.
          
Diante de todas essas evidências escatológicas, o povo de Deus precisa mais do que nunca: 1. Levar uma vida reta diante de Deus e dos homens, a fim de glorificar o Nome do Pai Celeste. 2. Conduzir o maior número possível de católicos e espíritas à leitura da Bíblia, a fim de que possam encontrar a VERDADE e abandonar a “operação do erro”.
 
Ian Paisley/Mary Schultze - 23/11/02 - Revisado em 2012.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O fim do calendário maia


Por Alex Belmonte
Nada é tão prejudicial ao estudo da profecia neotestamentária do que imaginar que o Deus Eterno, que está separado e acima do tempo, está limitado pelos relógios e calendários dos homens.”. Edward M. Blaiklock
Há alguns anos que estudiosos religiosos e sensacionalistas em todo o mundo se voltam para a contagem do tempo por meio do calendário maia. As notícias acerca do fim do mundo que já estavam em evidência nos meios de comunicação, agora possuem data “certa” para a conclusão “profética’” acerca da destruição do planeta: 21 de dezembro de 2012.

Mas afinal o que é esse calendário maia? O que realmente se prevê por meio de sua descrição considerada de cunho profético? O que a Bíblia diz acerca do fim dos tempos, realmente está ligado á profecia maia como crêem alguns esotéricos? É o que pretendo abordar com coerência e conhecimento no assunto proposto.

Primeiro devo lembrar que encontro nos estudos do calendário maia muitas divergências entre os chamados especialistas do assunto, além de conclusões complexas e abstratas quanto a todo esse emaranhado de informações. Também sabemos da impossibilidade de esgotamento da questão por esse artigo, por ser amplo e longo a sua abordagem, mas oferecemos essa contribuição com a intenção de que se torne possivelmente a raiz para análises dos cristãos e demais leitores.

O Calendário e a História Maia - O calendário maia na verdade é um sistema de calendários distintos, que foram usados pela civilização maia da mesoamérica, ou América média e pré-colombiana. A região fica entre o México e a América do Sul e era também o lar de outras culturas, entre elas a dos astecas. Os maias viveram onde hoje está a Guatemala, Belize, Honduras, El Salvador e o sul do México. Alguns historiadores afirmam que a história maia é dividida em três períodos: A formativa ou Pré-clássica: de 2.000 a.C. até 300 d.C; O período clássico: de 300 d.C. até 900 d.C e; o pós-clássico: de 900 d.C. até a Inquisição espanhola em meados de 1.400. Mas outros, é claro, situam a história maia bem num período anterior.

É obvio que os maias não foram os primeiros a usarem um calendário. Existiram calendários antigos usados por civilizações do mundo todo – mas eles realmente inventaram quatro calendários diferentes. Dependendo de suas necessidades, usavam diferentes calendários para registrar cada evento, sejam sozinhos ou numa combinação de dois calendários. O calendário mais expressivo é justamente esse que relataremos.

O Calendário e o Tempo - O Calendário maia é organizado em unidades temporais crescentes. Cada vinte dias completam o que corresponderia a um mês, ou seja, entre os nativos, é conhecido por uinal. Dezoito uinals constituem um tun ou o “ano” ocidental. Por sua vez, vinte tuns formam um katun, enquanto quatrocentos tuns configuram o baktun. Esses são os nomes usados para identificar meses e períodos.

O processo de enumeração ocidental dos séculos é infinito, mas o calendário maia foi criado com uma duração limitada prescrita, 5.200 anos. Assim, ele teria seu fim em 13.0.0.0.0, transcrita por maioria dos pesquisadores como a data exata de nossa era: 21 de dezembro de 2012.

Junto a essa contagem de tempo os maias deixaram também um total de sete profecias relacionadas ao planeta e a evolução espiritual da humanidade. Esse é ponto central de toda a agitação em torno do calendário: sua ligação com eventos previstos para o decorrer da história. As profecias de fato existem, mas algumas delas, pelo visto, não se cumprirão de forma literal como pregam alguns e principalmente a mídia especulativa, mas trata-se de algo na ordem espiritual e interior, que nós aqui chamamos de movimento astrológico da Nova Era ou ciclo Aquariano.

Dessa forma consideramos que o final do calendário maia, possivelmente em 2012, seja uma ideia do início de um novo ciclo, assim como o último dia do ano ocidental dá lugar ao começo de um novo ano. O imaginário é mais forte do que qualquer técnica adotada pelas sociedades mesoamericanas. E assim, ouviremos, após esse dia 21 de dezembro de 2012, diversas autoridades das religiões de mistérios dizerem que, esse calendário acaba, mas com o reinício de uma nova fase de consciência global por parte da humanidade.

As profecias Maia e as Profecias Bíblicas - Os principais estudiosos desse assunto tentam com seu alto bulício interligar as profecias maia com a Bíblia Sagrada, o que é totalmente inútil, visto que a Bíblia não possui erros e falhas em sua Inspiração, como encontramos nos relatos maia  - é certo que erros de Tradução são comuns na Bíblia.

O que a Bíblia diz acerca do fim dos tempos, ou como alguns que querem impor usando o termo “mudança de ciclo”, se resumem em três eventos: 1º. Um Governo terreno de uma Nova Ordem Espiritual que se caracteriza por doutrinas contrárias a própria Bíblia (2ª Ts. 2; 2ª Pe. 2; Ap.13). Trata-se de um mundo distante do Deus Verdadeiro, pela criação de uma divindade genérica com a força do sincretismo religioso atuante em nossos dias; 2º. A busca incansável do homem por sua própria divinização e auto-salvação. Isso resulta na anulação do sacrifício de Jesus na cruz, ou seja, se o ser humano consegue a salvação por si próprio, por que razão Jesus morreu no calvário? (Rm. 6.23; 1ª Tm. 2.5; At. 4.12) e; 3º. A volta de Cristo para buscar seu povo, sua Igreja (1ª Ts. 4.16; 1ª Co. 15.52). Sendo assim, não existe na Bíblia nada que aprove ou se iguale ás profecias maia, ou de seus intérpretes, pelo contrário, a Palavra de Deus condena as práticas desses povos antigos, entre essas a de adivinhações que têm como objetivo tentar desvendar o futuro, usando como ferramenta, a consulta aos astros:

“Que não levantes os teus olhos aos céus e vejas o sol, e a lua, e as estrelas, todo o exército dos céus; e sejas impelido a que te inclines perante eles, e sirvas àqueles que o SENHOR teu Deus repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus”. Deuteronômio 4.19. “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.” Romanos 1.25

O calendário maia foi criado numa cultura extremamente mística e espiritualista. Os maias foram influenciados religiosamente pelos povos olmecas, povo considerado civilização-mãe de todas as civilizações mesoamericanas, cuja difusão principal foi uma concepção de mundo onde a contagem cíclica do tempo era interligada a espiritualidade do homem. A observância do movimento dos astros e dos fenômenos climáticos trazia ao pensamento religioso maia uma noção de que os fenômenos eram marcados por uma repetição. Nessa esfera religiosa os rituais também eram de suma importância, pois fortaleciam as ações dos deuses na preservação da existência do mundo espiritual. Nesses rituais religiosos os maias ofereciam sacrifícios humanos e animal. E Deus também condenou tal prática, de sacrifício humano, quando disse:

E edificaram os altos de Baal, que estão no Vale do Filho de Hinom, para fazerem passar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque; o que nunca lhes ordenei, nem veio ao meu coração, que fizessem tal abominação, para fazerem pecar a Judá.” 

Enfim, as descrições do calendário maia, junto com a interpretação de seus simpatizantes, nada mais são que a volta ás tradições antigas de povos primitivos adoradores da natureza, supersticiosos, consultores dos astros e espiritualistas dos costumes astrológicos, com o fim de encarapitar e promover as doutrinas já condenadas por Deus e rejeitadas pelos princípios cristãos. O fim de um calendário para a suposta comprovação de um novo ciclo revela sua fragilidade, restando assim apenas o poder da comunicação favorável àqueles que possuem olhos vendados para a libertação de um julgo carregado há séculos.

Fonte: NAPEC

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Projeto bilionário deseja garantir vida eterna aos humanos


Avatares holográficos tem sua inspiração no famoso filme

Viver para sempre pode ser algo real dentro de três décadas. O empresário Dmitry Itskov e uma equipe de cientistas russos querem assegurar que os humanos se tornem imortais. Sua ‘missão’ é chamada de “Iniciativa 2045”.

Isso poderá ser alcançado com a geração de um humano que viveria em um “avatar holográfico”, que possuiria um cérebro artificial capaz de articular pensamentos, opiniões, memórias e sentimentos. O grupo acredita que até 2045 este ser humano artificial já estará entre nós.

Existem 4 etapas do projeto que devem se iniciar em 2015. Itskov é um bilionário e ele afirma que seu projeto é sério, mas não será barato. Seu custo estimado é de 50 bilhões de dólares. “Os empresários da lista dos mais ricos da revista Forbes sabem que a vida humana é única e de valor inestimável”, afirma uma carta aberta endereçada aos 1.226 cidadãos mais ricos do planeta.

“Só quando perdemos a vida percebemos o quanto não fizemos, como não tivemos tempo suficiente para fazer o que realmente queríamos ou consertar algo que fizemos errado. Peço que lembrem da importância vital do financiamento para esse desenvolvimento científico no campo da imortalidade cibernética e do corpo artificial.

Essa pesquisa tem o potencial de libertá-los, assim como a maioria de todas as pessoas no nosso planeta, da idade e das doenças, até mesmo da morte. Contribuir para inovações de ponta nas áreas de neurociência, nanotecnologia e robótica andróide é mais do que construir um futuro brilhante para a civilização humana. Trata-se também de uma estratégia de negócios inteligente e rentáveis que irão criar uma nova indústria da imortalidade, sem limites em sua importância. Este tipo de investimento irá mudar cada aspecto da vida como a conhecemos: as indústrias farmacêuticas, transportes, medicina, geração de energia, técnicas de construção, só para citar algumas”, analisa Itskov em seu texto disponível no site 2045.com.
Segundo o material de divulgação, a ideia de chamá-los de avatar vem do famoso filme de James Cameron e as fases serão:

Avatar A : Cópia robótica do corpo humano controlado por computador. (entre 2015 e 2020)
Avatar B: Um avatar capaz de receber um cérebro humano. (2020 -2030)
Avatar C: Um avatar com um cérebro artificial, com a personalidade, memórias e consciência da pessoa. (2030-2040)
Avatar D: Um avatar holográfico. (2040-2050)


Traduzido de Yahoo News - fonte Gospelprime

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Uma sociedade sem dinheiro pode estar mais perto do que muita gente jamais ousar imaginar

Por: Eduardo Melo

A maioria das pessoas pensa  que  uma sociedade sem dinheiro como algo muito distante e que só deve acontecer num futuro bem distante. Infelizmente, isso não corresponde aos fatos. A verdade é que uma sociedade sem dinheiro está muito mais perto de existir do que a maioria das pessoas jamais ousaria imaginar.  A passos largos a transição para uma sociedade sem dinheiro está sendo feito de forma natural.

Hoje, apenas 7%  de todas as operações nos Estados Unidos são feitos com dinheiro, e a maioria dessas transações envolvem quantidades muito pequenas de dinheiro. Basta pensar  por um momento. Onde você ainda usa o dinheiro nos dias de hoje? Se você comprar um hambúrguer, ou se você compra algo em uma lojinha de 1.99 você ainda vai usar o dinheiro, mas para qualquer transação de tamanho médio ou grande porte a grande maioria das pessoas , utilizam outra forma de pagamento.

Nosso sistema financeiro está mudando radicalmente, e o dinheiro está rapidamente se tornando uma coisa do passado. Vivemos em um mundo digital, e os governos nacionais e os grande bancos, estão incentivando o abandono do papel moeda e das moedas. Mas o que significa uma  sociedade sem dinheiro para o nosso futuro? Há algum perigo neste sistema?

Essas questões são muito importantes, mas na maioria das vezes ambos os lados da questão não são apresentados de forma equilibrada na grande mídia. Em vez disso, reportagens mais tradicionais tendem acabar com papel moeda o dinheiro e fazer apologia  sobre como a moeda digital é maravilhosa.

Por exemplo hoje no Brasil já é possível pagar contas com o celular.

Dinheiro também é digital - são zeros e uns armazenados em algum computador, o que leva alguns economistas a prever o uso do dinheiro à moda antiga em breve poderá ser peça de museu.

"Haverá um tempo - eu não sei quando, eu não posso lhe dar uma data - quando o dinheiro físico vai deixar de existir", disse o economista Robert Reich.
Então vamos ter uma sociedade completamente sem dinheiro no futuro próximo?

Claro que não. Seria altamente impopular para os governos do mundo forçar um sistema desses em cima de nós de uma só vez.

Em vez disso, os grandes bancos e os governos do mundo industrializado estão fazendo todo o possível para fazer naturalmente a transição para tal sistema. Depois que 98 ou 99 por cento de todas as operações não envolverem mais o dinheiro, eliminar 1 ou 2 por cento do restante vai ser molesa.

Os grandes bancos querem uma sociedade sem dinheiro porque é muito mais rentável para eles.

Os grandes bancos ganham bilhões de dólares em taxas de cartões de débito e fazem lucros absolutamente enormes de cartões de crédito.

Mas quando as pessoas usam dinheiro os grandes bancos não ganham nada.

Então, obviamente, os grandes bancos e as grandes empresas de cartão de crédito são os agentes principais para uma sociedade sem dinheiro.

A maioria dos governos ao redor do mundo estão ansiosos para a transição,  para uma sociedade sem dinheiro, bem citarei algum argumentos deles ....

- O dinheiro é caro para imprimir, inspecionar, mover e guardar.

- Sempre temos problemas, desde que exista a moeda de papel.

- E bom ter dinheiro de papel, por que facilita a vida dos criminosos, porque papel não deixa rastros. Eliminando dinheiro tornaria muito mais difícil para os traficantes, prostitutas e outros criminosos fazerem seus negócios.

-Acima de tudo, uma sociedade sem dinheiro iria dar aos governos mais controle. Os governos seriam capazes de controlar praticamente todas as transações e também seria capaz de monitorar o cumprimento fiscal(pagamento de impostos) muito mais de perto.

Quando você entender os fatores listados acima, fica mais fácil entender por que o uso de dinheiro é cada vez mais demonizado. Governos ao redor do mundo estão cada vez mais enxergando o uso de dinheiro de forma negativa. Na verdade, de acordo com o governo dos EUA pagando com dinheiro em algumas circunstâncias, é agora considerado "atividade suspeita" que precisa ser denunciado às autoridades.
No Brasil também certa vez vendi meu automóvel em cache, dinheiro vivo, um gol 99 e fui ao banco depositar o dinheiro é passei por um interrogatório pelo caixa do banco pode isso.

Esse desdém pelo dinheiro de papel também tem crescido muito forte na comunidade financeira. Li recentemente o seguinte artigo ....

David Birch, diretor da Consult Hyperion, uma empresa especializada em pagamentos eletrônicos, diz que uma mudança de moeda digital seria cortar os lucros ocultos.
"Nós estamos tentando usávamos o dinheiro na era industrial para apoiar o comércio em uma era pós-industrial e tecnológica. Ele simplesmente não funciona ", diz ele. "Mais cedo ou mais tarde, a mudança vão surgir  muito rapidamente,  e você se encontrará neste novo ambiente onde alguém for lhe pagar em dinheiro, você simplesmente suspeitara que eles são uma prostituta ou um pirata virtual . "
Você percebe o que está acontecendo?

Bastará você usar o dinheiro é  será o suficiente para taxarem você como um potencial criminoso.

Muitas pessoas vão ter medo de e não usaram o dinheiro simplesmente por causa do estigma que estão ligando a ele.

Esta é uma tendência Mundial. Na verdade, muitos outros países estão correndo  na frente dessa estrada em direção a uma sociedade sem dinheiro.

No Canadá, eles estão procurando maneiras de eliminar até mesmo moedas para que as pessoas podem usar formas alternativas de pagamento para todas as suas operações ....

A Royal Canadian Mint também está olhando para o futuro com a MintChip, um novo produto que poderia se tornar um substituto digital para moedas.

Na Suécia, apenas cerca de 3 por cento de todas as transações ainda envolvem dinheiro. Veja o que diz um artigo recente do Washington Post ....

Na maioria das cidades suecas, os ônibus públicos não aceitam dinheiro, bilhetes são pré-pagos ou adquiridos com uma mensagem de texto de telefone celular. Um pequeno mas crescente número de empresas só aceitam cartões, e algumas agências bancárias - que aceitam o dinheiro em transações eletrônicas - pararam de lidar com dinheiro completamente.
"Há cidades em que não é mais possível entrar um banco e usar  dinheiro", reclama Curt Persson, presidente da Organização Nacional da Suécia Reformados.
No Brasil não é diferente pelo menos nos ônibus já usamos cartões, a figura do trocador daqui uns anos não existirá mais.
Na Itália, todas as transações de dinheiro muito grandes foram proibidas. Anteriormente, o limite para usar o dinheiro em uma transação havia sido reduzido para o equivalente a apenas alguns milhares de dólares. Mas em dezembro, o primeiro-ministro Mario Monti propôs um novo limite de cerca de 1.300 dólares para transações em dinheiro.

E é assim que muitos governos farão a transição para uma sociedade sem dinheiro. Eles vão definir um teto e, em seguida, eles vão continuar baixando-a e reduzindo-o.

Mas é uma sociedade sem dinheiro realmente seguro?

Claro que não.

As contas bancárias podem ser invadidas. Cartões de crédito e débito podem ser roubados. O roubo de identidade em todo o mundo é algo absolutamente crescente.

Portanto, as empresas de todo o planeta estão trabalhando febrilmente para fazer que todos esses sistemas sem dinheiro seja um sistema seguro.

O futuro, é inevitável! Os governos nacionais e as grandes instituições financeiras vão querer que mudemos os nossos sistemas de identificação atual, para o sistema biométrico, a fim de combater o crime no sistema financeiro.

Muitos desses sistemas de identidade biométricos estão se tornando cada vez mais avançados.

Por exemplo, basta verificar o que a IBM tem vem a desenvolvendo. Veja um recente comunicado da imprensa da IBM ....

Você não precisa mais criar, controlar ou lembrar de várias senhas para vários log-ins. Imagine que você será capaz de ir até um caixa eletrônico para retirar dinheiro de forma segura, basta falar seu nome ou olhar para um sensor minúsculo que é capaz de reconhecer os padrões únicos na retina de seu olho. Ou fazendo o mesmo, você pode verificar o saldo da conta no seu celular ou tablet.

Cada pessoa tem uma identidade única e biológica por trás de tudo isto estará seus dados. Dados biométricos - definições faciais, exames de retina e arquivos de voz - será criado por um programa que construirá a sua senha exclusiva apartir seu DNA.
Referido como multi-fator da biometria, sistemas inteligentes serão capazes de usar essas informações em tempo real, para certificar-se sempre que alguém está tentando acessar suas informações,  se corresponde ao seu perfil biométrico único e a transação será ou não autorizada.
Você está pronto para isso?

Ele está vindo.

No futuro, se você não entregar as informações de identidade biométrica, você pode ser lançado para fora de todo o sistema financeiro.

Outro método que pode ser usado para fazer a identificação financeira mais segura é a utilização de microchips implantáveis RFID.

Sim, há muita resistência a essa ideia, mas o fato é que o uso de chips RFID em animais e em seres humanos está se espalhando rapidamente.

Em algumas cidades americanas já se tornou obrigatório à implantação de microchips em todos os gatos e todos os cães para que eles possam ser rastreados.

Nos Estados Unidos, os funcionários estão sendo obrigados a ter emblemas que contêm chips RFID, e em alguns casos, os empregadores estão realmente a exigir que os funcionários tenham chips RFID injetadas em seus corpos.

Cada vez mais, os chips RFID estão sendo implantados na parte superior do braço dos pacientes que têm doença de Alzheimer. A idéia é que isso ajudará os médicos e enfermeiros a cuidarem da saúde e acompanhar pacientes de Alzheimer para eles não se perdam.


Em alguns países, microchips estão realmente sendo incorporado em uniformes escolares para se certificar de que os alunos estão indo à escola.

Você pode ver para onde tudo isso está caminhando?

Algumas empresas estão até mesmo o desenvolvimento de tecnologias de RFID que não precisa de injeção.

Uma empresa chamada Somark desenvolveu a tinta RFID chipless que é aplicado directamente na pele de um animal ou um ser humano. Estes "tatuagens RFID" são aplicados em cerca de 10 segundos utilizando micro-agulhas e um aplicador reutilizável, e eles podem ser lidos por um leitor de RFID de até quatro metros de distância.


Quer ter uma "tatuagem RFID" se o governo ou o seu banco lhe pediu para por uma?

Algumas pessoas lá fora estão realmente muito empolgados com essas novas tecnologias.

Por exemplo, um colunista chamado Don Tennant escreveu um artigo intitulado "Chip Me - Please" em que ele expressou seu entusiasmo desenfreado por um microchip implantável que conteria toda a sua informação médica ....

"Tudo o que posso dizer é que eu seria a primeira pessoa na fila por um implante."
Mas que existem perigos reais para ir a um sistema que é totalmente digital?

Por exemplo, o que se um ataque devastador dizimado, ou blackout em  nossa rede elétrica e na maioria dos nossos computadores de norte a sul?

Como as coisas funcionariam?

Infelizmente, a maioria das pessoas não pensa nesse tipo de coisa.

Nosso mundo está mudando mais rapidamente do que nunca, e nós devemos estar conscientes para onde estas mudanças estão nos levando.

Só porque a nossa tecnologia está a avançar não significa que o nosso mundo está se tornando um lugar melhor.

Existem milhões de pessoas que  não querem saber de absolutamente nada sobre os sistemas biométricos de identidade ou implantes RFID(frequência de identificação).

Mas a grande mídia continua a declarar que nada pode parar as mudanças que estão chegando. Um artigo recente notícia CBS fez a seguinte declaração ....

"A maioria concorda uma sociedade sem dinheiro não é apenas inevitável, para a maioria de nós, ele já está aqui."
Sim, uma sociedade sem dinheiro está vindo.

sábado, 16 de junho de 2012

Morreu as 63 Grant Jeffrey, especialista em profecias bíblicas




Grant Jeffrey,  professor de Bíblia canadense reconecido especialista em profecias bíblicas, defensor do dispensacionalismo e apresentador da emissora TBN do programa "Profecia Bíblica Revelada", faleceu no fim de semana após uma parada cardíaca. Tinha 63 anos.
 
"Agora ele está sem dor, ele está curado e agora com o seu Pai Celestial. Ele fará falta dolorosamente", diz um comunicado publicado no site do seu Ministério. O funeral será realizado em Toronto, em um local a ser anunciado em breve, funcionários do ministério disse.
 
Jeffrey foi hospitalizado em Toronto, no Canadá, em 7 de maio, em estado crítico. O ministério disse em um comunicado neste sábado que Jeffrey morreu após sofrer uma parada cardíaca na sexta à noite. Ele deixa sua esposa Kaye, com quem tinha estado no ministério em tempo integral desde 1988.
 
Embora uma figura controversa, Jeffrey era popular e tinha muitos seguidores.
 
Seus 27 livros, tanto de ficção e não-ficção, foram traduzidos para 24 idiomas e vendeu cerca de sete milhões de cópias em todo o mundo, de acordo com o ministério. Eles foram colocados para fora por editoras gigantes como Harper Collins, Zondervan e Bantam. Alguns dos títulos mais vendidos incluem as que falam sobre as profecias, como Armageddon, Prince of Darkness, Aviso Final Countdown to Apocalypse ou, mas também outros, como Encontrando Liberdade Financeira (Jeffrey era um especialista na área financeira) e A Guerra ao Terror (política e história foram outros temas que ele tinha paixão). Entre os mais recentes títulos são a próxima guerra mundial, o Governo Sombra e A decepção do aquecimento global.
 
Seu romance baseado em teorias proféticas, pela luz adiantada do alvorecer, co-autoria de Angela Hunt, recebeu o Prêmio Christy para o romance de Melhor Ficção Profética de 1999. No mesmo ano, outro dos livros de Jeffrey, a crise do Milênio, chegou em segundo na lista da Publishers Weekly bestseller para livros de bolso religiosas.
 
Jeffrey estava trabalhando em um novo livro, One Nation Under Attack, no momento de sua morte. Era para ser lançado no próximo ano.
 
O autor popular foi um dispensacionalista, que acredita que o Arrebatamento - onde a igreja serão arrebatados ao encontro de Jesus - ocorrerá logo antes de um período de grande tribulação; depois, Jesus voltará novamente com os santos para a sua manifestação final e reinado por um mil anos.
Ele argumentou: "Alguns críticos afirmam que aqueles que ensinam a esperança do arrebatamento Pré-Tribulação estão deixando os cristãos despreparados para a possibilidade de a perseguição vinda do período da Tribulação. No entanto, em trinta e cinco anos de ensino a profecia bíblica, tenho testemunhado  professores instruindo os cristãos que eles são imunes de fim dos tempos de perseguição. Eles e inclusive eu, acreditamos que Deus promete que os cristãos vão escapar da  "ira de Deus" na Tribulação frequentemente advertimos os crentes que a perseguição está chegando, agora mesmo na América do Norte , será que o Senhor tardará muito mais tempo? "
 
Outros funções que ele exerceu foi der presidente da Frontier Research Publications, Inc., por mais de 20 anos; palestrante em conferências proféticas em todo o mundo; professor de tempo parcial de escatologia em várias faculdades, e apresentador do programa de 30 minutos " Profecia Bíblica Revelada "na TBN desde 2007, que foi transmitido duas vezes por semana. O programa explora "as profecias fascinantes que apontam para o breve retorno de Jesus Cristo" e demonstrou "a natureza sobrenatural das Escrituras." Ele também apareceu muitas vezes como um convidado em outra TV e rádio.
 
O autor embarcou em muitas viagens de pesquisa  para o Oriente Médio e realizou entrevistas  com especialistas militares e de inteligência, incluindo o premiê israelense, Benjamin Netanyahu e o Presidente Shimon Peres.
 
Jeffrey  tinha paixão para a pesquisa o que  levou a adquirir uma biblioteca pessoal de mais de 7.000 livros sobre profecia, teologia e arqueologia bíblica.
 
Ele ganhou um mestrado e um doutoramento em Estudos Bíblicos de Louisiana Baptist University. Anteriormente, o ministro e televangelista era "um profissional no planejamento financeiro e campo de corretagem de seguros" por 18 anos, de acordo com o ministério. Jeffrey realizou um grau Underwriter Chartered Life (lei, as pensões, contabilidade) da Universidade de Toronto programa de extensão, ganhou em 1982.

Aqui no Brasil recentemente foi lançado um film com o titulo; Nas Mãos do Governo: A Nova Ordem Mundial Lançado pela BV Filmes, veja o trailler abaixo:

 

terça-feira, 22 de maio de 2012

ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS

Esta é mais uma edição de ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS, sempre analisando os fatos ocorridos à luz das profecias bíblicas. O cenário continua caminhando rumo ao fim já profetizado na Palavra. Apesar de todos os acontecimentos desastrosos que estão revelados, mostrando que é a vontade do Criador que estejamos cientes deles, a nossa maravilhosa esperança e certeza é a volta de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Algo que chama a atenção no relato dos quatro cavaleiros do Apocalipse (os quatro primeiros selos), é que no terceiro selo, que é o da fome e da crise financeira, a voz que determina o alto preço dos alimentos mais essenciais procede do meio dos quatro seres viventes, o que nos sugere que veio do próprio trono do Senhor, posto que tais seres ministram ao redor do trono (Apocalipse 4:6).
A voz que se ouve é uma determinação. Uma revelação vinda do próprio céu e que aponta para um momento que estamos prestes a ver em sua magnitude final e para o qual devemos estar preparados:
"E, havendo aberto o terceiro selo, ouvi dizer ao terceiro animal: Vem, e vê. E olhei, e eis um cavalo preto e o que sobre ele estava assentado tinha uma balança na mão. E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho" (Apocalipse 6:5-6)
De acordo com cálculos feitos por historiadores, uma medida de trigo por um dinheiro e três de cevada por um dinheiro, é um preço quase dez vezes superior ao original. Isso aponta para perda do valor monetário e desabastecimento. Cremos que, a partir desse momento de intensa crise, será proposto e imposto à população mundial o sistema financeiro do anticristo, como uma "solução" (Apocalipse 13:16-18).
O Brasil pode ser visto como um verdadeiro termômetro da postura apresentada pela maioria das pessoas diante dos fatos que estão ocorrendo. Enquanto uma crise sem precedentes se forma, os brasileiros estão sendo incentivados diariamente a contrair mais dívidas e a consumir bens. Os governantes continuam negando que um abalo econômico possa atingir o país...
Porém, os dados parecem apontar para outra direção... Uma direção sombria... A inadimplência sobe [1]. Apesar de todo o incentivo ao crédito fácil, o consumo não tem crescido e a atividade industrial vem caindo [2]. O PIB, segundo prévias do mês de maio, mostrou a terceira retração seguida do ano [3]. As reservas estão em dólar, ou seja, na plena confiança de que o governo dos EEUU honrará os papéis verdes emitidos por aquele país...
É óbvio que as grandes mídias, que dependem de recursos publicitários vindos dos próprios governos, não se interessam em mostrar o quadro tal qual como ele é. Grandes transformações se aproximam no cenário financeiro e político mundial. Antes dessas transformações, haverá um enorme abalo. O Brasil, tão confiante e desafiador, mostra-se como uma das principais vítimas desse abalo que se aproxima...

ORIENTE MÉDIO

No dia 09/05/12, um fato inesperado ocorreu em Israel. Naquele dia, o parlamento israelense aprovou, por 71 votos a 23, o acordo de um governo de união nacional. O acordo colocou Benjamin Netanyahu na liderança de uma das mais amplas coalizões governamentais da história de Israel, com 94 dos 120 assentos do parlamento. Esse é o sétimo governo de união desde a criação do Estado de Israel, em 1948 [4].


GOVERNO DE UNIÃO EM ISRAEL

Uma das razões expostas para formar essa ampla coalizão é, segundo os próprios envolvidos, a "segurança de Israel". Com a formação desse governo, fica mais fácil, por exemplo, tomar decisões a respeito de uma guerra ou intervenção militar. Quando aliamos isso ao atual momento de tensão entre Israel e Irã, cremos que esse fato pode trazer profundas consequências e que tal decisão não foi tomada ao acaso.
Há alguns anos, Israel vem se preparando para um conflito com o Irã e com outras nações. Temos noticiado aqui sobre a grande distribuição de máscaras de gás à população. Há poucos dias, o parlamento israelense aprovou um pedido das Forças Armadas para chamar mais batalhões de reserva, por causa dos crescentes perigos nas fronteiras do Egito e da Síria.
Enquanto isso, continuam os conflitos na Síria, Egito, Iêmen, Líbano e Sudão, entre outros... Está sendo divulgado que o mandatário sírio, Bashar Assad, possui armas de destruição em massa. A história nos mostra, a exemplo do caso iraquiano, que essa declaração é mais um indício que pode haver uma intervenção ou tentativa de intervenção militar na Síria. No entanto, como já temos salientado, o caso sírio é diferente, pois há interesses de Rússia e China. Pouco a pouco, se aproxima o cumprimento das profecias de Ezequiel 38 e 39.
Já temos comentado sobre o papel da Rússia em tudo isso. No dia 03/05/12, o general-de-exército Nikolai Makárov, chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas da Rússia, afirmou que seu país poderia tomar a decisão de lançar ataques preventivos às instalações do sistema antimísseis europeu (EuroDAM), se a situação se agravar.... [5].
Esse sistema antimísseis, de acordo com os EEUU e a OTAN, serve para proteger a Europa de um possível ataque iraniano. No entanto, Rússia entende isso como uma ameaça a sua própria segurança [6]. Ao mesmo tempo, é inegável o alinhamento entre Rússia, Síria, Irã e agora Turquia. Vamos permanecer atentos. Paulatinamente, o cenário para a concretização das profecias de Ezequiel 38 e 39 vai se formando. O desfecho parece estar muito próximo...


SE APROXIMA UMA REESTRUTURAÇÃO FINANCEIRA

GREGOS E ESPANHÓIS CORREM AOS BANCOS PARA SACAR SUAS ECONOMIAS

Gregos e espanhóis correm aos bancos para retirar seus euros depositados. Já são bilhões de euros sacados dos bancos nos últimos dias, agravando ainda mais o panorama de crise. Apenas na Espanha, correntistas do banco espanhol nacionalizado Bankia sacaram mais de 1 bilhão de euros (US$ 1,3 bilhão) da instituição na última semana [7].
Protestos se multiplicam nas ruas de cidades européias. Taxas de desemprego batem recordes históricos. Esse é o retrato da situação que está ocorrendo no Velho Continente. Temos acompanhado aqui, passo a passo, todo o desenrolar desta situação, a qual está diretamente ligada à crise que começou em 2008 nos EEUU. As bolsas de valores em todo o mundo têm sofrido impactantes quedas nos últimos dias. A Espanha vive a segunda recessão em apenas três anos [8].
Em Portugal, no início de maio, houve tumultos quando uma cadeia de supermercados resolveu fazer um desconto de 50% em compras superiores a 100 euros. A polícia teve que ser chamada, para conter a população [9]. Na França, pouco antes de sair da presidência, Nicolas Sarkozy declarou que "falta pouco" para o país ficar como a Espanha [10].
As incertezas em relação ao futuro da Grécia têm abalado o sistema financeiro internacional. O custo de uma ruptura desordenada da Grécia, saindo da União Européia, pode chegar a US$ 1 trilhão, uma quantia devastadora para a já cambaleante União Européia [11]. A China, por sua vez, com a crise do euro, sofre queda na demanda externa [12]. Direta ou indiretamente, todas as nações estão sendo afetadas.
Como comentamos em ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS ONLINE do dia 19/05/12 , na Rádio Projeto Ômega, o fato do dólar ter aumentado significativamente nos últimos dias em todo o mundo, reflete quão frágil é o sistema.
As pessoas, neste momento de incerteza e instabilidade, estão correndo para o dólar. No entanto, a moeda norte-americana em si é uma tábua de salvação tão frágil como papel... É bom lembrar que há uns meses, o presidente dos EEUU, Barack Obama, se viu forçado a pedir ao Congresso, de forma urgente, o aumento do teto da dívida, para evitar o calote generalizado provocado por uma dívida trilionária e impagável [13].
Vamos permanecer atentos. A população na Europa não quer saber de austeridade e já não suporta mais a atual condição. Na França, Itália e Grécia as eleições dos últimos dias refletem isso. Até mesmo o partido da primeira-ministra alemã, Angela Merkel, a grande defensora dos cortes e da austeridade, sofreu importantes derrotas nas últimas eleições regionais na Alemanha. O povo da Europa quer uma solução. Venha de onde vier...
Tudo isso que está ocorrendo na Europa nos parece ter uma importancia profética muito grande. É muito provável que do atual cenário de crise, o qual poderá aprofundar-se ainda mais, surja o sistema que, tempos depois, dará sustentação à besta. Que estejamos atentos... Dia após dia, o quadro fica mais claro. Quem estiver vigilante e em oração não será enganado.

ENERGIA: MAIS UM INGREDIENTE PARA A CRISE

Se o dinheiro é o que motiva a grande maioria das pessoas no sistema decaído no qual vivemos, os combustíveis fazem com que o motor desse sistema funcione. No entanto, esse combustível, a cada dia, fica mais difícil de obter, o que se torna mais um ingrediente no cenário do fim.
No dia 13/05/12, o governo israelense decretou regime de emergência no ramo energético, em consequência da suspensão do fornecimento de gás do Egito e também dos baixos níveis das jazidas nacionais. Poderá haver racionamento de energia em Israel [14].
No Japão, devido ao gigantesco tsunami de 2011, todos os reatores de energia nuclear tiveram que ser fechados. O último foi fechado no começo deste mês. Pela primeira vez em quatro décadas, o Japão fica sem nenhuma energia atômica. A falta de alternativa à energia nuclear preocupa autoridades japonesas. Até 2011, 30% da energia que mantinha o Japão era de origem nuclear.
No entanto, a matriz energética mais importante é o petróleo. É pelo petróleo que os principais embates bélicos têm sido travados nos últimos tempos. As jazidas de petróleo recentemente descobertas (pré-sal) são de difícil e custosa extração [15]. É por essa razão que a questão energética assume vital importância no cenário do fim dos tempos. Por um lado, influencia e influenciará conflitos. Por outro lado, contribui e contribuirá para o abalo financeiro mundial que se aproxima. Até mesmo a profecia de Gog traz um elemento diretamente relacionado à questão de geração de energia em tempos de grande aflição (Ezequiel 39:9). Que estejamos atentos.

OS GEMIDOS DA NATUREZA


MAIS DE 4.000 ASTERÓIDES PODEM AMEAÇAR A TERRA

No dia 17/05/12, a NASA divulgou que existem aproximadamente 4.700 asteróides potencialmente perigosos para a Terra. Isso quer dizer, corpos celestes que, eventualmente, poderão chocar-se com o nosso planeta. São asteróides que têm órbitas próximas à Terra e são suficientemente grandes para resistir à passagem pela atmosfera e causar danos se caírem no nosso planeta. Desse total de 4.700, apenas 30% foram localizados.
A Bíblia é clara ao apontar que corpos celestes cairão sobre a Terra e isso ocorrerá num contexto de crescente comoção no cosmos (Mateus 24:29, Apocalipse 6:13-14). A Palavra do Senhor não nos oculta isso e devemos estar bem cientes. Ao mesmo tempo, a capacidade que o homem tem de prever um acontecimento como este é precária. Lembramos que no final de janeiro deste ano, o asteróide 2012 BX34 foi descoberto somente quando faltavam dois dias antes de passar bem próximo de nosso planeta [16].
Isso significa que, a qualquer momento, pode ocorrer o que já está profetizado, embora a Palavra apresente um cenário crescente, comparando esses fenômenos naturais às dores de um parto. A intensa atividade solar que estamos presenciando, combinada com seguidos alinhamentos que estão ocorrendo e ocorrerão nos próximos meses, pode interferir em outros corpos celestes. Mais uma vez, recordamos que os sinais cósmicos profetizados na Palavra ocorrem de forma conectada, como se determinados eventos cósmicos influenciassem outros.
É aconselhável estar atento aos sinais no sol. Nesta semana, foi descoberto um enorme complexo de manchas solares com mais de 100 mil quilômetros. Conhecido como AR 1476, o complexo foi apelidado de "Mancha Monstro" pelos cientistas da NASA [17].
No dia 18/05/12, cientistas do Instituto de Mineração do Novo México, afirmaram que um tsunami semelhante ao que ocorreu no Japão em 2011 pode ocorrer na costa oeste dos EEUU. Seria um sismo de aproximadamente 9 graus, provocado por uma falha geológica perto das ilhas Aleutas [18].
No Chile, palco de constantes terremotos acima dos 6º nos últimos meses, o oceanógrafo e acadêmico, Alfonso Campusano, afirma, junto com outros colegas, que se aproxima o tempo de um gigantesco terremoto de 9º ou mais no norte do país [19].
No Brasil, após um aparente meteoro ter sido visto em vários estados em meados de abril, no começo de maio, mais de 10 tremores de terra foram sentidos no Distrito de Pirabeiraba, Santa Catarina. Ao mesmo tempo, um estranho fenômeno no céu foi registrado na mesma localidade. Esses dois fenômenos ocorridos ao mesmo tempo têm intrigado os especialistas [20]. Este vídeo traz um resumo de acontecimentos muito significativos ocorridos no mês de abril de 2012:


Horas antes de finalizar esta edição estamos recebendo informações de um tremor que acaba de ocorrer em Montes Claros, Minas Gerais, onde outros já tinham ocorrido anteriormente, como já informamos aqui.
Esse tremor ocorreu às 10:43 da manhã de sábado, dia 19/05/12 e pode chegar aos 4,5º. Houve pânico na população e, de acordo com relatos, é o maior abalo já sentido naquela região. Até mesmo a estrutura do shopping popular da cidade ficou rachada. Veja a notícia divulgada pela mídia:


Voltamos a qualquer momento com mais informações e comentários. Acabamos de detalhar vários acontecimentos externos, no entanto, quando olhamos para o próprio homem, percebemos mais uma faceta onde as profecias estão se cumprindo.
O caráter dos homens, tal qual tinha sido profetizado, caminha rumo à completa apostasia. Um estado semelhante ao dos habitantes dos dias de Noé e de Ló. O abuso de crianças chega até mesmo às redes sociais da internet [21]. Em hospitais europeus, as consultas para abortar superam as consultas para ter filhos...
Nos EEUU, o candidato à presidência e atual presidente, Barack Obama, declarou apoio ao casamento homossexual [22]. Um candidato à presidência dos EEUU ou qualquer político do mundo jamais expressaria abertamente isso se não estivesse certo que a maioria da população aprova a idéia também. A Palavra se cumpre bem diante de nossos olhos...
No momento em que encerramos esta edição, está sendo realizada mais uma Cúpula do G-8. O tema principal é a crise européia e suas possíveis "soluções". Os países que compõem o G-8 concentram mais de 2/3 da produção mundial. Vamos permanecer atentos. Temos comentado que os dez chifres podem originar-se do G-8 expandido para G-10. É uma possibilidade, junto com outras... O importante é estar vigilante.

Até a próxima edição, se o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo permitir.

Em Cristo,

Jesiel Rodrigues

FONTES
[3] FOLHA DE SÃO PAULO -18/05/12
[4] FRANCE PRESS EM JERUSALÉM - 09/05/12
[5] VOZ DA RÚSSIA - 03/05/12
[7] REUTERS - 17/05/12
[9] PÚBLICO - ECONOMIA 01/05/12
[10] FRANCE PRESS - 04/05/12
[12] EFE EM PEQUIM - 10/05/13
[14] VOZ DA RÚSSIA - 13/05/12
[19] RÁDIO BIO-BIO - 14/05/12

Recomendamos